Resenha Orgulho e Preconceito – Jane Austen


Resenha Orgulho e Preconceito - Jane Austen

Já começarei dizendo que Orgulho e Preconceito foi um dos únicos livros de literatura clássica que li em menos de um mês, e o motivo é apenas um, mas que não faz do livro menos importante, eu simplesmente não consegui colocá-lo de lado por um só minuto.
Orgulho e Preconceito é um romance que não peca em nada, além de não ser meloso como a maior parte dos romances escritos na mesma época, é possível aprender durante a leitura todos os costumes da sociedade inglesa.
            O livro inicia-se com uma discussão entre Mr. e Mrs. Bennet, os pais de Elizabeth, onde Mrs. Bennet fala ao marido sobre a chegada de um novo vizinho, Mr. Bingley, dizendo a Mr. Bennet que ele deveria ir fazer uma visita ao recém-chegado, com o intuito de que logo em seguida ela e as filhas pudessem fazê-lo também. Mrs. Bennet tem por intuito desta visita fazer com que sua filha mais velhas, Jane, se case com Mr. Bingley, por causa da condição social deste último.
            O marido cede aos desejos da mulher secretamente, indo visitar Mr. Bingley sem comunicar a ninguém previamente o que faria, e somente durante o jantar do dia em que faz a visita ele revela que visitara Mr. Bingley, fazendo com que Mrs. Bennet se exalte, felicíssima pela atitude do marido.
            Logo há um baile, onde Jane é apresentada a Mr. Bingley; os dois dançam todas as músicas juntos, criando logo aí um laço amoroso entre os dois, algum tempo depois Jane é aconselhada pela mãe a fazer uma visita a Mr. Bingley, mas durante a viagem até a casa dele pega uma forte chuva e adoece, permanecendo na casa de Bingley por certo tempo, os laços amorosos vão se fortalecendo.
            Mas a história principal não é sobre Jane, e sim sobre Elizabeth. O amor de Jane e Bingley é usado apenas como uma ponte para a história principal, a história de amor de Elizabeth Bennet e Fitzwilliam Darcy. Esse amor não é revelado logo no início da história, na verdade, até mais ou menos metade do livro Elizabeth sente certo ódio de Mr. Darcy, e todos os fatos que ocorrem até metade do livro levam-na a odiá-lo mais.
            A história toda tem uma reviravolta quando ela vai passar um tempo na casa de uma amiga, que é vizinha da tia de Darcy, lady Catherine de Bourgh. Enquanto Elizabeth está hospedada em casa de sua amiga, que é casada com um primo seu, Mr. Collins, eles são constantemente chamados para jantar ou tomar chá na casa de lady Catherine, e então que a história de amor de Elizabeth Bennet e Darcy começa a tomar forma, pois é neste ponto que Elizabeth começa a descobrir o verdadeiro caráter de Darcy, que não é tão ruim quanto ela pensava.
            Em certo dia, o primo de Elizabeth e sua mulher vão a casa de lady Catherine para mais um jantar, mas Elizabeth alega estar se sentindo mal e fica em casa. Algumas horas depois recebe uma inesperada visita, Mr. Darcy, que vem lhe fazer um pedido que ela nunca cogitaria ser possível. Darcy Fitzwilliam pede Elizabeth em casamento, mas esta recusa.
            Depois de muitos outros acontecimentos durante todo o restante do livro, Elizabeth percebe estar apaixonada por Darcy, e então a história toda gira mais ao redor desta nova paixão.
Nota: 5 torrões de açúcar
Ficha técnica do livro:
Título original: Pride and Prejudice
Autora: Jane Austen
Páginas: 464
Tradutor: Lúcio Cardoso
Editora: Abril
Ano: 2010
Preço*: R$ 14,90
Onde comprar: Submarino | Saraiva | Book Depository | Amazon
____________________________________
Abaixo um cronograma das próximas resenhas:
1 – House of Nigt 8 – Awakened de P.C. Cast + Kristin Cast (25/05/2011)
2 – The Vampire Diaries: The Return: Shadow Souls de L.J. Smith (26/05/2011)

3 – Ponto de Impacto de Dan Brown (Provavelmente no final de semana)

*O preço é o da edição que eu li, podendo variar nas lojas indicadas pois são outras edições.

Anúncios

Thales Moreira

Thalles Marques (O Poderoso Chefão) Nascido em uma cidadezinha minúscula do interior de Minas Gerais, as fronteiras daquele lugar não impediram que fosse diferente de grande parte das pessoas da cidade, e seu interesse por leitura de vários tipos (exceto clássicos portugueses e brasileiros, os quais abomina até a morte!) fez com que encontrasse outras pessoas muito interessantes de outras cidades, que tinham o mesmo vício infinito por livros. Foi de uma destas amizades feitas em chats sobre séries e livros que nasceu o Our Cup of Tea. Sua série de livros preferida é Harry Potter, e muitos que convivem com ele todos os dias já não suportam mais ouvir falar do "Menino que sobreviveu". Cursa Jornalismo, mas não vê a hora de poder pegar o diploma e iniciar mais uma faculdade, desta vez enveredando pela área jurídica. Também faz eventuais postagens no blog Los Moderninhos, na coluna Moda e Livros, onde fala de livros com temas relacionados a moda, e participa da Revista Brasil Literando, voltada para o público literário brasileiro, com a coluna de entrevistas e revisando a diagramação.

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s