Resenha Mulheres solteiras não são de Marte – Letícia Vidica


Sinceramente, depois de ler este livro, desisto de entender as mulheres.

            O livro é como uma coletânea de crônicas ao estilo chic-lit, algumas muito bem humoradas, outras que te fazem pensar e outras que vão fazer os homens que lerem este livro desistirem de entender as mulheres, como já disse na primeira frase.
            A história de Diana, Betina e Lili não é muito diferente da de muitas mulheres; passam a vida toda procurando por um homem idealizado que não existe e depois acabam frustradas. (Desculpem, garotas, mas estou sendo sincero, não existe o homem-Edward-Cullen).
            Diana é uma publicitária que sonha em encontrar um homem bonito, inteligente, educado e que queira um relacionamento sério.
            Betina é a advogada que depois de sofrer uma terrível desilusão amorosa decide desistir dos homens e começar a trata-los como devem ser tratados (é o que diz no livro), como brinquedos. Dificilmente dá o braço a torcer, mas no fundo ainda tem esperanças de um dia encontrar o homem da sua vida, que lhe faça feliz. É a que traz Diana e Lili para o mundo real.
            Lili é a eterna romântica, se entrega total e completamente ao primeiro cara que lhe passe uma boa cantada e depois chora no ombro das amigas, pois levou um pé na bunda do cara.
            Bem, o que eu posso do livro é isso, e que é muito bom, apesar de ser homem e algumas partes ela simplesmente descer a lenha em nós, as crônicas são bem escritas e com humor e drama na medida certa.
Nota: 5 torrões de açúcar
Ficha técnica do livro:
Título original: Mulheres solteiras não são de Marte
Autora: Letícia Vidica
Páginas: 288
Tradutor: Livro Nacional
Editora: Universo dos Livros

Ano: 2011

Preço*: R$ 17,90
Onde comprar: Saraiva | Digerati
____________________________________
*O preço é o da edição que eu li, podendo variar nas lojas indicadas pois são outras edições.

Anúncios

Thales Moreira

Thalles Marques (O Poderoso Chefão) Nascido em uma cidadezinha minúscula do interior de Minas Gerais, as fronteiras daquele lugar não impediram que fosse diferente de grande parte das pessoas da cidade, e seu interesse por leitura de vários tipos (exceto clássicos portugueses e brasileiros, os quais abomina até a morte!) fez com que encontrasse outras pessoas muito interessantes de outras cidades, que tinham o mesmo vício infinito por livros. Foi de uma destas amizades feitas em chats sobre séries e livros que nasceu o Our Cup of Tea. Sua série de livros preferida é Harry Potter, e muitos que convivem com ele todos os dias já não suportam mais ouvir falar do "Menino que sobreviveu". Cursa Jornalismo, mas não vê a hora de poder pegar o diploma e iniciar mais uma faculdade, desta vez enveredando pela área jurídica. Também faz eventuais postagens no blog Los Moderninhos, na coluna Moda e Livros, onde fala de livros com temas relacionados a moda, e participa da Revista Brasil Literando, voltada para o público literário brasileiro, com a coluna de entrevistas e revisando a diagramação.

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s