Resenha Alcatéia: Prateada – Eddie Van Feu


Olá pessoal!
Mais uma resenha especial para vocês, o livro da vez é o Alcatéia – Prateada, da autora nacional Eddie Van Feu, espero que gostem da resenha e se interessem pelo livro. E não esqueçam de comentar!

‘Alcateia Prateada’ conta a história de uma cidade secreta de seres encantados que, de acordo com a Lua, podem se transformar em lobos ou bestas-feras. Acompanhamos a vida e a cultura desse povo mágico através dos olhos do jovem Philippe, um mestiço, fruto de um amor proibido entre uma humana e um dos membros do Clã dos Lobos Brancos, que vive marginalizado e perseguido, mas aguarda ansiosamente sua transformação para que possa ser aceito como parte da Alcateia.


Não começarei esta resenha falando da história em si, mas sim de uma coisa que me impressionou tanto quanto a própria, A PARTE VISUAL DO LIVRO. Eu estou simplesmente apaixonado pelo trabalho que a Carolina Mylius fez em Alcatéia – Prateada, reflete muito bem a história, e eu reconheci perfeitamente o Philippe e Prateada como a Eddie os descreveu, adorei mesmo. Além de dar uma imagem muito bonita para o livro, ajuda na hora de criar os personagens na sua cabeça.
     E, agora, para a história. EDDIE EU TE AMO POR TER ESCRITO ESTE LIVRO!Sinceramente, eu estou numa fase que prefiro lobos e fadas no quesito seres sobrenaturais, não sei exatamente por que, mas passei a dar mais atenção e curtir muito mais estes seres, e quando a Eddie me mandou o e-mail perguntando se eu me interessava em resenhar o livro dela, eu aceitei praticamente na hora. Não é segredo para ninguém que leio livros nacionais há pouco tempo, ou melhor, outros nacionais além de Paulo Coelho, pois nunca achava livros que realmente me agradassem, e o Alcatéia conseguiu me cativar de uma maneira que acho até que este foi o motivo da minha demora em terminar de ler, porque não queria acabar o livro.
     A construção do enredo, a história do Clã dos Lobos, políticas e a paisagem de fundo também são incrivelmente descritas e enviam imagens a sua mente a medida que você as lê.
      A história central do livro gira em torno de Philippe e Prateada, sua loba de estimação, e através deles Eddie passa uma imagem de lealdade e união que de tão simples chega a ser maravilhosa. Philippe é um mestiço órfão, filho de uma humana e um integrante do Clã dos Lobos; por causa de sua condição, ele passa por situações desagradáveis no Châteu das Vertentes, onde vive, principalmente quando Ravin, Carlo e Jacques cruzam seu caminho, três integrantes de famílias nobres que há muito tempo não deixam Philippe em paz.
     Philippe está sempre esperando que sua transformação aconteça, na esperança de que com isto também venha alguma mudança no modo como as pessoas do Châteu o tratam; mas quando finalmente chegamos no capítulo que faz referência à uma transformação, somos surpreendidos por uma cena totalmente inesperada, pelo menos para mim; que não irei falar o que acontece e deixarei que quem se interessar, descubra sozinho.
     Outro ponto que achei interessante no livro foi que, entre os capítulos, somos apresentados à Bruxa de Gévaudan, mais certamente a partes de um livro seu, que sempre refletem algum tipo de lição dada no capítulo anterior, ou alguma mensagem passada. Nas páginas do livro da Bruxa de Gévaudan, nos são passados encantamentos e rituais sempre buscando atingir algum de bom para quem os faz, nunca o contrário.
Nota: 4 torrões de açúcar
Ficha técnica do livro:
Título original: Alcatéia – Prateada
Autor: Eddie Van Feu
Páginas: 300
Editora: Linhas Tortas
Ano: 2009
Anúncios

Thales Moreira

Thalles Marques (O Poderoso Chefão) Nascido em uma cidadezinha minúscula do interior de Minas Gerais, as fronteiras daquele lugar não impediram que fosse diferente de grande parte das pessoas da cidade, e seu interesse por leitura de vários tipos (exceto clássicos portugueses e brasileiros, os quais abomina até a morte!) fez com que encontrasse outras pessoas muito interessantes de outras cidades, que tinham o mesmo vício infinito por livros. Foi de uma destas amizades feitas em chats sobre séries e livros que nasceu o Our Cup of Tea. Sua série de livros preferida é Harry Potter, e muitos que convivem com ele todos os dias já não suportam mais ouvir falar do "Menino que sobreviveu". Cursa Jornalismo, mas não vê a hora de poder pegar o diploma e iniciar mais uma faculdade, desta vez enveredando pela área jurídica. Também faz eventuais postagens no blog Los Moderninhos, na coluna Moda e Livros, onde fala de livros com temas relacionados a moda, e participa da Revista Brasil Literando, voltada para o público literário brasileiro, com a coluna de entrevistas e revisando a diagramação.

Um comentário

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s