TAG – Chatice literária


Olá pessoal!!!
Há algum tempo já que eu queria começar a gravar tags, mas como anda bem difícil pra gravar e editar, com estágio e tudo o mais tirando meu tempo um pouquinho mais a cada dia, vou fazer por enquanto apenas com texto e fotos.

A primeira tag que decidi fazer encontrei vasculhando pelo Google a procura de alguma legal, e achei essa bem interessante, que se chama Chatice literária, e foi criada pela Dani e pela Anna, do Pausa para um café, também daqui de Curitiba. O vídeo da Anna está aqui para quem quiser dar uma conferida.

Enfim, vamos parar de enrolação e blábláblá e comecemos com a tag.


1. Um livro que você achou que seria legal, mas foi chato?
Já vou começar polemizando um pouco. Neste primeiro com certeza eu colocaria Jogos Vorazes. Mas vou me explicar, eu ouvi falar tanto, e tão bem do livro, da história e tudo o mais, mas quando decidi pegar pra ler não rolou aquela química, sabe? Até mesmo nem terminei de LER este, e sim acabei escutando o audiobook só pra não precisar ficar me torturando com a leitura, colocava os fones e ia escutando no ônibus a caminho da faculdade. Como meu exemplar não está atualmente aqui comigo, vai só uma foto da capa pra não ficar sem nada hehe.

 
2. Um livro que todos dizem que é fantástico, mas você não gostou?

Mais uma vez, eu indo contra grande parte da população de leitores e leitoras do mundo! Cara, eu simplesmente ODIEI O Caçador de Pipas, sério mesmo, nem foi “não gostar” e sim ODIAR!!! Peguei birra do livro, quando ia rearrumar minha estante enquanto morava em Minas ainda ele era sempre o último a ser colocado de volta na estante, normalmente no último lugar que sobrasse, esse era o definido para ele. E não me interessa o quanto falem que o livro é bom, é um best-seller e o “carro de alho” a quatro, O Caçador de Pipas entrou pra minha lista negra de leitura, e espero nunca mais ter contato com ele. Sim, este é meu nível de raiva contra o livro. Até mesmo vendi meu exemplar pra um sebo na primeira oportunidade que tive aqui em Curitiba!

 

3. Um livro que tinha tudo para ser bom, mas é chato?
Minha leitura atual com certeza entra aqui. Emily’s Shadow é um livro que ganhei pelo Goodreads, e decidi ler finalmente depois de uns 6 meses da chegada dele aqui. A sinopse do livro realmente chama a atenção já que envolve as lendas mais conhecidas da cultura saxônica, e tem a presença de Vivienne, uma das feiticeiras presentes nas lendas do Rei Arthur. Porém o livro é simplesmente decepcionante, além de não desenvolver muito bem a história. Já estou na metade da quantidade de páginas e ainda não desenrolou, então já espero que o final seja muito corrido, e super apertado pra fechar a história.


4. Um livro com personagem principal intragável?
Fiquei em dúvida de qual colocar aqui, pois são tantos! Por isso escolhi dois livros pra essa. O primeiro, que acho que ninguém aguentava e provavelmente não aguentariam ainda hoje, é Chatô – O Rei do Brasil, a biografia de um dos maiores empreendedores da comunicação brasileira, Assis Chateubriand; ele era simples e irrefutavelmente um chato de marca maior, realmente intragável, e desde cedo mostrava sinais de como seria quando fosse mais velho. O outro livro é Chama Negra, da série Os Imortais, porque, vamos combinar, que coisinha mais chata e insuportável é aquela Raven!!! Pelo amor de Deus!!! Ela entrou umas mil vezes na fila pra pegar chatice na hora da criação do personagem, não é possível!!!

 
5. Um livro com final terrível?
Mais um que serei crucificado! As Crônicas de Nárnia! Li toda a série e ainda este ano comecei a reler, mas o final simplesmente me decepcionou. Claro, teve uma argumentação legal sobre o significado pro trás daquele final e tudo o mais. Porém, não me agradou, achei um pouco desesperado. Não sei me explicar direito neste, simplesmente o final não fez jus ao restante do livro. Mas não levem a mal, eu adoro Nárnia, é uma das minhas séries favoritas e um dos livros que tenho o maior cuidado e carinho. O único problema realmente foi o final.


6. Universo que você nunca gosta de morar?
PANEM! Com toda a certeza do universo!!! Sem mais explicações!!!
 
7. Livro que você tem na estante, mas tem medo de ler por parecer chato?
Desejo à meia-noite, da Lisa Kleypas. Pedi esse pra Arqueiro para fazer resenha, estava querendo dar uma chance pra romances históricos e tentar entrar nessa onda, mas até agora não deu certo, tentei começar a ler quando ele chegou, mas não me prendeu e deixei pra depois. Ainda assim, é claro que vou ler pra poder fazer a resenha, tenho pelo menos que respeitar a editora e não deixar sem resenha.


8. Livro que tinha tudo para ser chato, mas foi bom?
 Senhor dos Anéis. Sim, a obra de Tolkien tem tudo pra ser um livro pé-no-saco, e já vou me explicar antes que os Tolkienistas venham com archotes e espadas nas mãos pra me linchar. Considere que Senhor dos Anéis foi escrito com objetivos puramente acadêmicos, neste caso o estudo de uma língua, isto já faria com que fosse chato demais, outro ponto é o estilo de escrita de Tolkien, que por vezes é muito pedante, demorado nas descrições, que são extremamente minuciosas, como falo para meus amigos, utilizando um exemplo de, se não estou enganado, O Retorno do Rei: Na primeira linha do parágrafo de 15 linhas, Tolkien informa a ação do personagem, no caso Gandalf, e no restante do parágrafo é APENAS A DESCRIÇÃO DO CENÁRIO. Para alguns o que pode ser uma ajuda imensa na hora de imaginar e criar toda a história na cabeça, para outros é algo tedioso. E claro, não podemos esquecer que Frodo muitas vezes é um belo de um chato de galochas! Porém, mesmo com estas características, Senhor dos Anéis veio para se tornar uma das obras mais geniais já escritas, seja pelos idiomas criados por Tolkien, seja por todo o universo fantástico que ele criou. Senhor dos Anéis não é uma boa experiência, é uma experiência INCRÍVEL!

E aí, qual a opinião de vocês? Eu sei que logo de cara já devo ter perdido alguns leitores por ter colocado Jogos Vorazes nessa tag, mas fazer o que, não tenho como gostar de todo livro que faz sucesso, e na verdade nem preciso gostar de tudo o que faz sucesso! 😀 Deem suas opiniões!!!

Anúncios

Thales Moreira

Thalles Marques (O Poderoso Chefão) Nascido em uma cidadezinha minúscula do interior de Minas Gerais, as fronteiras daquele lugar não impediram que fosse diferente de grande parte das pessoas da cidade, e seu interesse por leitura de vários tipos (exceto clássicos portugueses e brasileiros, os quais abomina até a morte!) fez com que encontrasse outras pessoas muito interessantes de outras cidades, que tinham o mesmo vício infinito por livros. Foi de uma destas amizades feitas em chats sobre séries e livros que nasceu o Our Cup of Tea. Sua série de livros preferida é Harry Potter, e muitos que convivem com ele todos os dias já não suportam mais ouvir falar do "Menino que sobreviveu". Cursa Jornalismo, mas não vê a hora de poder pegar o diploma e iniciar mais uma faculdade, desta vez enveredando pela área jurídica. Também faz eventuais postagens no blog Los Moderninhos, na coluna Moda e Livros, onde fala de livros com temas relacionados a moda, e participa da Revista Brasil Literando, voltada para o público literário brasileiro, com a coluna de entrevistas e revisando a diagramação.

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s