Resenha Mago: Mestre – Raymond E. Feist


Em Mago: Mestre, Raymond E. Feist retoma a história de onde fomos deixados no primeiro livro, com a captura de Pug e sua consequente escravização pelos Tsurani, com pontos de vistas que se alternam com os acontecimentos em Midkemia, apresentados sob a ótica do príncipe Arutha e de Thomas.

Basicamente, o segundo livro da Saga do Mago é uma evolução constante de personagens, e com isso quero dizer que TODOS os personagens que nos são apresentados durante Mago: Aprendiz evoluem, atingindo seu potencial máximo, ou pelo menos assim nos parece, o que, do meu ponto de vista, pode ser algo um tanto quanto bom, visto que isto (a evolução) não vai acontecer apenas nos últimos capítulos do último livro da série, o que já é algo quase normal na literatura atual (leia-se: o personagem principal dá duro durante boa parte dos livros, e quando chegamos nos três últimos capítulos do livro final ele do nada consegue perceber o que faltava para que conseguisse evoluir todo o seu potencial).

Outro ponto interessante é que o autor nos aprofunda um pouco mais na cultura dos Tsurani, durante a estadia de Pug com o povo invasor de Midkemia, o que permite que possamos entender melhor os reais motivos que eles tiveram para invadir o outro mundo.

E, por fim, o único ponto que me irritou um pouco em Mago: Mestre é o fato de Feist demorar mais para dar um ritmo mais rápido para a história, ao contrário do que acontece no primeiro, em que a ação começa a se desenrolar bem antes.

Nota: 4 torrões de açúcar

Ficha técnica do livro:
Título original:
Magician: Master
Autor(a): Raymond E. Feist
Páginas: 432
Editora: Saída de Emergência Brasil
Ano: 2014

Anúncios

Thales Moreira

Thalles Marques (O Poderoso Chefão) Nascido em uma cidadezinha minúscula do interior de Minas Gerais, as fronteiras daquele lugar não impediram que fosse diferente de grande parte das pessoas da cidade, e seu interesse por leitura de vários tipos (exceto clássicos portugueses e brasileiros, os quais abomina até a morte!) fez com que encontrasse outras pessoas muito interessantes de outras cidades, que tinham o mesmo vício infinito por livros. Foi de uma destas amizades feitas em chats sobre séries e livros que nasceu o Our Cup of Tea. Sua série de livros preferida é Harry Potter, e muitos que convivem com ele todos os dias já não suportam mais ouvir falar do "Menino que sobreviveu". Cursa Jornalismo, mas não vê a hora de poder pegar o diploma e iniciar mais uma faculdade, desta vez enveredando pela área jurídica. Também faz eventuais postagens no blog Los Moderninhos, na coluna Moda e Livros, onde fala de livros com temas relacionados a moda, e participa da Revista Brasil Literando, voltada para o público literário brasileiro, com a coluna de entrevistas e revisando a diagramação.

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s