Resenha Os Demônios de Deus – Alexander MacKenzie


demonios-deusAo começar a leitura de Os Demônios de Deus, de Alexander MacKenzie, foi que estava prester a entrar em um livro diferente da maioria que tenho lido nos últimos anoos, e a experiência definitiva não deixou a desejar. Os Demônios de Deus reúne elementos de mistério, suspense, questões religiosas e espirituais, tudo entregue ao leitor em doses homeopáticas, mas que ao final, ultrapassam as barreiras da imaginação.

Em Os Demônios de Deus, MacKenzie nos apresenta o famoso e respeitado psiquiatra Dr. Rodrigo Mazal, e um paciente totalmente fora do comum, um homem que se apresenta como sendo Deus. É a partir de então que o médico começa as suas sessões com Deus, em um sentido totalmente literal; em sessões em que o Todo Poderoso revela seus temores mais íntimos, temores estes que ninguém poderia imaginar que ele tivesse.

Ao longo das sessões, o Dr. Mazal começa a descobrir que existe um motivo para que Deus tenha escolhido a ele para ouvir suas “confissões”, e então o psiquiatra se vê envolvido em uma guerra entre Céu e Inferno, em que ambos os lados tentam de todas as formas expor seus pontos de vista e argumentos.

Quem adora temas polêmicos com certeza deve considerar dar uma chance ao livro de MacKenzie, pois certamente não o fechará desapontado com a leitura.

Nota: 4 torrões de açúcar

Ficha técnica do livro:
Título original:
Os Demônios de Deus
Autor(a): Alexander Mackenzie
Páginas: 358
Editora: Madras Teen
Ano: 2015

Anúncios

Um comentário

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s