TAG – Liebster Award: Thalles Marques


tag-liebster

Fui indicado pela Bibiane Santos, do blog Ilusões Noturnas, pra responder essa tag. Então, desafio aceito, vamos lá! Depois de algumas horinhas, aí está a tag! 😀

Como funciona

  • Você é escolhido para compartilhar 11 fatos sobre você;
  • Responder 11 perguntas feitas pela(o) blogueira(o) que te indicou;
  • Elaborar 11 perguntas para serem respondidas pelos 11 blogs escolhidos por você.

11 fatos sobre mim

1. Sou bem legal, até que pisem no meu calo ou falem mal de um personagem que eu gostei em um livro. Faça isso e provavelmente você irá conhecer tio Lu mais cedo. #sempressao

2. Se eu estiver lendo Harry Potter (mesmo que seja o 6º, último lugar na minha lista de favoritos da série), não me interrompa, a não ser que seja porque a Terra esteja acabando. Neste caso, só interrompa se for pra tomar 5 segundos, e me deixe TERMINAR DE LER!!! #getlost

3. Tenho três histórias iniciadas, até hoje na metade do caminho, que pretendo algum dia terminar. Mas não sei quando ainda.

4. Sou um mineiro sem sotaque. Não, eu não falo “uai”, nem “sô”, nem tenho um “r” arrastado, nem mesmo por um deslize. E, não, eu não me importo se você vai me julgar por isso, eu não tenho sotaque e ponto. Se você gosta do sotaque de Minas, vá morar lá! #naomeenche

5. Apesar de ser uma crença entre meus amigos, em Minas não temos plantação de pão de queijo, muito menos andamos todos descalços, e não é só roça. E NÃO, MINAS NÃO É COMPOSTA APENAS POR BELO HORIZONTE!!!

6. Mesmo que não pareça, eu gosto do meu estado, meu problema é só com 90% das pessoas que habitam lá, se tirar isso, viveria pacificamente por lá.

7. Sou muuuuito chato com pão de queijo, em quase quatro anos morando no Paraná, só comi pão de queijo de dois lugares aqui que verdadeiramente me agradaram. Mas continuo achando que não tem melhor que o de Minas, e não tem argumento que qualquer pessoa possa usar pra me convencer do contrário. #nemtente

8. SOU LOUCO, APAIXONADO, OBCECADO POR LONDRES!!! Ainda visitarei esse lugar. Sim, eu tenho consciência que não é um lugar perfeito, mas eu PRECISO CONHECER!

9. Meu vício em leitura começou cedo, graças à minha mãe, que me alfabetizou antes mesmo que eu entrasse pra escola. E, apesar disso, eu sou o único viciado em livros na minha família, ainda não descobrimos de onde herdei isso, e existem suposições de que eu tenha sido adotado (segundo minha mãe, e isso fica ruim pra ela, eu às vezes pareço ter sangue de baiano) ou também posso ter sido trocado na maternidade (má sorte dos meus pais rss).

10. Tenho períodos imensamente chatos e críticos com leitura. Normalmente, durante estas épocas, eu sou a pessoa mais difícil de convencer a ler alguma coisa simplesmente porque ela faz sucesso, e quando conseguem, normalmente ganham um feedback do tipo: POR QUE ESSA COISA FAZ TANTO SUCESSO?!! (The Cuckoo’s Calling e Gone Girl, estou olhando pra vocês!!!)

11. Sou estudante de Jornalismo, com uma queda quase do tamanho de um precipcio pela parte gráfica da comunicação, e para espanto de alguns, EU SIMPLESMENTE ADORO DIAGRAMAR! O que pra muitos da comunicação é uma tortura, eu faço até nas horas de lazer.

Perguntas da Bibiane

Qual seu primeiro livro? Qual autor(a), como ele chegou até você?

Um dos meus primeiros livros foi O Livro do Riso do Menino Maluquinho, do Ziraldo, que ganhei de uma tia minha. Tenho ele até hoje. Pelo menos, este é um dos primeiros que me lembro, faz tanto tempo que sou viciado, que é difícil agora saber ao certo.

Qual situação cômica você passou por conta de uma leitura?

Oh Deus, sério isso, Bibiane?! Não tinha algo pior pra perguntar? hehe Enfim, pra mim uma situação engraçada foi quando, beeem antes do lançamento d’O Símbolo Perdido, de Dan Brown, eu encontrei uma suposta sinopse do livro nas minhas andanças pela internet, e logo no momento que eu estava tendo meu ataque com o que a sinopse dizia (que my dear Langdon morria [sim, eu literalmente tive um ataque do tipo: WHAT THE FUCK ARE YOU SAYING!?!]), meu pai parou na porta do meu quarto e ficou só olhando, quando vi, só falei: Livro novo, não preocupa, já volto ao normal. Ele simplesmente saiu rindo, e eu fiquei vermelho igual um pimentão, até lembrar que meus pais já deviam estar acostumados com a loucura do filho. 😛

Qual personagem te deixou mais frustrada (o)? Por quê?

Depois de olhar atentamente pra minha estante, esperando que algum dos livros se manifestasse, decidi por uma das minhas frustrações mais atual: Cormoran Strike. SIIIIIIM, o detetive criado pela minha amada J.K. Rowling (sob o pseudônimo de Robert Galbraith), me decepcionou, frustrou, chateou, deixou pra baixo. Sinceramente, esperava beeeem mais dele, não achei tão foda quanto muitos dizem, mas tenho dessas, às vezes não sinto a química e aí já era a relação.

Qual livro você comprou pela capa e se decepcionou?  Por quê?

Não foi COMPRADO, foi pedido pra resenha, mas que acabou sendo sorteado aqui no blog. Desejo à meia-noite, de Lisa Kleypas, primeiro da série Os Hathaways. Mais uma vez, não rolou química, mas a capa é muito bonita.

Qual livro você comprou sem expectativa e virou seu achado?

Depois de pensar bastante, conclui que definitivamente foi Divergent. Já tinha ouvido falar sobre o livro, mas nunca fiquei numa expectativa tremenda pelo primeiro livro. Encontrei num sebo, comprei, e quando vi estava engolindo o livro e mais um novo vício era adotado. 😀

Se fosse escrever um livro qual local se passaria?

Londres, Itália e Floresta Amazônica.

Qual melhor local para relaxar e lê um livro em sua casa?

Meu quarto! *-* De preferência com um headphone e uma caneca de chá (quente ou gelado, dependendo do humor de Curitiba na hora) do lado.

Já sofreu preconceito por conta de livros?

Se meu avô falando que eu iria ficar louco por ler demais (hoje vejo que ele tava certo, num sou normal, mas as pessoas à minha volta também não, então, WHO CARES?!) contar como preconceito. Então, sim. Caso contrário, não que eu me lembre. Talvez eu simplesmente tenha bloqueado qualque situação dessas.

Qual o autor/autora top dos tops pra você? Por quê?

Vou escolher um autor e uma autora, e quero ver quem vai me impedir! (Ando me sentindo bem rebelde rss).

Uma autora: Her Majesty, também conhecida como Joanne Kathleen Rowling, também conhecida como J.K. Rowling, e também conhecida como PESSOA QUE CRIOU A SÉRIE MAIS INCRÍVEL (pra mim é!) E INESQUECÍVEL DO MUNDO, E QUE ME FEZ FICAR AINDA MAIS VICIADO EM LEITURA!

Um autor: Dan *fucking* Brown. Só uma coisa a dizer sobre: CADÊ O PRÓXIMO LIVRO COM TITIO LANGDON, MR. BROWN?!!?

Qual sua sensação/sentimento quando termina um livro muito bom?

Primeiro, fico estático, às vezes um pouco em choque, depende do nível de “foditude” do livro. Em seguida, normalmente, vem raiva, por ter acabado muito rápido, e arrependimento por não ter me policiado pra ler mais devagar. E, algumas vezes, aparece a depressão.

Qual país tem as melhores moçoilas, italianas, gregas e afins?

Tough question! Adaptei a questão, e ainda continua difícil! Não adianta, meu coração continua com as italianas *-* se tiver uma certa cor de cabelo então, to de joelhos no primeiro segundo!

Minhas perguntas:

1. Qual o pior livro que já leu? Por que?

2. Se fosse para escolher o top 3 de personagens favoritos, quais seriam?

3. Tem alguma mania na hora da leitura? Qual?

4. Qual seu pecado de leitura? (Um livro que não seja tão bem-aceito, mas que você gostou muito)

5. Qual livro te deixou mais sem reação?

6. Com qual personagem do último livro que leu você teria um “caso de verão”?

7. Qual a melhor adaptação (filme/série) até hoje?

8. Qual seu lugar literário favorito?

9. Tem uma citação preferida? Qual?

10. Qual o livro que tem maior necessidade de ler mas ainda está na sua TBR?

11. Pra terminar: chá ou café?

Blogs indicados:

Music with Books/Klau Tks

Veronica Roth PR/Rafa Oliveira

Colméia dos Livros/Conrado Dittrich

Cooltural/Ademar Júnior

Coolture News/Eve Fowl

Adoro Romances de Aracajú/Faby Lima

Books Ever/Filipe Laia

E chega! Quem mais quiser responder, fique a vontade! 😀

Anúncios

Thales Moreira

Thalles Marques (O Poderoso Chefão) Nascido em uma cidadezinha minúscula do interior de Minas Gerais, as fronteiras daquele lugar não impediram que fosse diferente de grande parte das pessoas da cidade, e seu interesse por leitura de vários tipos (exceto clássicos portugueses e brasileiros, os quais abomina até a morte!) fez com que encontrasse outras pessoas muito interessantes de outras cidades, que tinham o mesmo vício infinito por livros. Foi de uma destas amizades feitas em chats sobre séries e livros que nasceu o Our Cup of Tea. Sua série de livros preferida é Harry Potter, e muitos que convivem com ele todos os dias já não suportam mais ouvir falar do "Menino que sobreviveu". Cursa Jornalismo, mas não vê a hora de poder pegar o diploma e iniciar mais uma faculdade, desta vez enveredando pela área jurídica. Também faz eventuais postagens no blog Los Moderninhos, na coluna Moda e Livros, onde fala de livros com temas relacionados a moda, e participa da Revista Brasil Literando, voltada para o público literário brasileiro, com a coluna de entrevistas e revisando a diagramação.

2 comentários

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s