Resenha O Voo da Libélula – Michel Bussi


libelula Em O Voo da Libélula, Michel Bussi Minha conclusão ao ler a última página deste livro foi: O voo da libélula é um livro totalmente bipolar. São duas bebês com genealogias totalmente distintas, e a história segue um rumo que te deixa totalmente dividido e em dúvida. Tentarei fazer uma análise mais genérica, já que tenho medo de dar algum spoiler, e isso não seria legal.

Michel Bussi consegue, a cada página, aumentar ainda mais os pontos de interrogação na cabeça do leitor, e parece que vamos chegar ao final e nada vai se resolver (fica a seu critério decidir se isso é algo bom ou ruim). Porém, o final da história pega o leitor de maneira tão surpreendente que faz todo o restante valer a pena. Todas as horas de angústia, aflição e raiva (esse foram os meus sentimentos) são compensadas.

Um dos únicos pecados no livro, do meu ponto de vista, foi que ele me passou a impressão de ser bem parado, com cenas de ação somente mais ao final, e isso afetou um pouco na avaliação final.

PRECISO FALAR SOBRE OS PERSONAGENS! Começando pela minha favorita, Malvina de Carville. ELA É SIMPLESMENTE LOUCA, MALUCA, PIRADINHA!!! E este foi o maior motivo pra que eu ficasse fascinado por essa criatura! Malvina é a irmã mais velha de uma das bebês que estavam no avião, Lyse-Rose de Carville. Com a perda da irmã mais nova, ela fica com o psicológico abalado, seu desenvolvimento físico é afetado, e nos é apresentada uma personagem com quase 30 anos, mas que aparenta ser uma adolescente mal desenvolvida.

Outro personagem importante, Marc Vitral, o irmão da outra bebê no avião, Émilie Vitral, é um jovem estudante de Direito, e o ponto de vista do qual acompanhamos toda a história.

A penúltima, Lylie, a bebê que sobrevive ao acidente de avião. Sem muito o que falar, já que não vemos muito dela mesmo no decorrer da história.

E, por último, Crédule Grand-Duc, o detetive contratado por uma das famílias para tentar descobrir quem realmente sobreviveu ao terrível acidente, Lyse-Rose ou Émilie. E, 18 anos após, a resposta a essa questão está prestes a ser revelada.

A trama do livro gira basicamente em torno destas 4 personagens, Grand-Duc, em grande parte através do diário que deixa, com toda a sua investigação. Marc, nosso guia por toda a investigação e desenvolvimento do livro. Malvina, em sua perseguição a Marc, na tentativa de saber o que está no diário de Grand-Duc. E Lylie, que desaparece após entregar o diário para Marc.

Acho que meu maior estranhamento foi no estilo de narrativa. Me acostumei tanto com o estilo policial inglês e americano, que quando me deparei com um francês, a química não foi imediata. Mas é com certeza um livro que merece uma chance. Pode não ser um amor à primeira página, mas ele te conquista mais adiante.

Nota: 4 torrões de açúcar

Ficha técnica do livro:
Título original:
Un Avion Sans Elle
Autor(a): Michel Bussi
Páginas: 400
Editora: Arqueiro
Ano: 2015

Anúncios

Thales Moreira

Thalles Marques (O Poderoso Chefão) Nascido em uma cidadezinha minúscula do interior de Minas Gerais, as fronteiras daquele lugar não impediram que fosse diferente de grande parte das pessoas da cidade, e seu interesse por leitura de vários tipos (exceto clássicos portugueses e brasileiros, os quais abomina até a morte!) fez com que encontrasse outras pessoas muito interessantes de outras cidades, que tinham o mesmo vício infinito por livros. Foi de uma destas amizades feitas em chats sobre séries e livros que nasceu o Our Cup of Tea. Sua série de livros preferida é Harry Potter, e muitos que convivem com ele todos os dias já não suportam mais ouvir falar do "Menino que sobreviveu". Cursa Jornalismo, mas não vê a hora de poder pegar o diploma e iniciar mais uma faculdade, desta vez enveredando pela área jurídica. Também faz eventuais postagens no blog Los Moderninhos, na coluna Moda e Livros, onde fala de livros com temas relacionados a moda, e participa da Revista Brasil Literando, voltada para o público literário brasileiro, com a coluna de entrevistas e revisando a diagramação.

4 comentários

  1. Adorei sua resenha, parabéns!

    Eu quero muito ler esse livro, a primeira vez que vi foi quando uma amiga minha indicou, depois disso eu me encantei com a sinopse. Agora depois que vi sua resenha me fez ficar com mais vontade ainda, pois eu também só estou acostumada com os livros policiais americanos. 😉

    Curtir

    • Herick, o mistério desse é tanto que em algumas partes dá até angústia e vontade de ir pra última página pra ver logo o que acontece hehe mas me contive, senão teria estragado o final rss

      Obrigado pelo comentário! Abraços! 😉

      Curtir

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s