Resenha Agência de Investigações Holísticas Dirk Gently – Douglas Adams


resenha-dirk

Bem, começo a resenha tentando explicar o que me tomou tanto tempo (até demais, visto que terminei este livro em meados de julho, durante minhas férias). O simples fato que ocasionou este gigantesco atraso foi que até o momento, em que escrevo aqui, ainda não tenho absoluta certeza do que posso dizer sobre este livro. Ah, e fãs de Douglas Adams, por favor não me odeiem.

É certo que eu pedi o livro para resenhar levando em consideração as várias indicações que tinha para ler Douglas Adams, e aproveitei que surgiu o lançamento desta outra série, para dar uma chance ao autor. Aparentemente, segundo o que me falaram, meu erro esteve em começar a ler por esta série, e não pelo Guia do Mochileiro das Galáxias.

Fato é, comecei a leitura esperando dar algumas risadas, não que considerasse que este pudesse ser algum livro de comédia, mas novamente pelo o que eu ouvia outros leitores do autor dizer, esta era uma esperança que tinha. No entanto, ao chegar pela metade do livro, já havia deixado esta ideia de lado, e apenas continuei a leitura com o único propósito de terminar, e quem sabe talvez, mais para o final, alguma coisa salvar minha experiência.

Infelizmente, mesmo com minha perseverança, encontrei apenas mais algumas coisas que para mim não tinham sentido, e talvez isso fosse o núcleo cômico do livro, mas mesmo entendendo referências e afins, não conseguia encontrar a graça.

Mais uma vez, peço que quem é fã do autor não me odeie, não digo tudo isso por estar querendo ir contra alguma modinha ou o que for. Pois mesmo não tendo tido uma química muito boa com Dirk Gently, o Mochileiro continua na minha lista de leitura. Quem sabe eu realmente não tenha começado pelo livro errado. Talvez Dirk Gently e seu humor sem noção realmente não tenham sido feitos para mim.

Anúncios

Thales Moreira

Thalles Marques (O Poderoso Chefão) Nascido em uma cidadezinha minúscula do interior de Minas Gerais, as fronteiras daquele lugar não impediram que fosse diferente de grande parte das pessoas da cidade, e seu interesse por leitura de vários tipos (exceto clássicos portugueses e brasileiros, os quais abomina até a morte!) fez com que encontrasse outras pessoas muito interessantes de outras cidades, que tinham o mesmo vício infinito por livros. Foi de uma destas amizades feitas em chats sobre séries e livros que nasceu o Our Cup of Tea. Sua série de livros preferida é Harry Potter, e muitos que convivem com ele todos os dias já não suportam mais ouvir falar do "Menino que sobreviveu". Cursa Jornalismo, mas não vê a hora de poder pegar o diploma e iniciar mais uma faculdade, desta vez enveredando pela área jurídica. Também faz eventuais postagens no blog Los Moderninhos, na coluna Moda e Livros, onde fala de livros com temas relacionados a moda, e participa da Revista Brasil Literando, voltada para o público literário brasileiro, com a coluna de entrevistas e revisando a diagramação.

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s