Twinnings Tea Club – Semana I


Olá pessoal!

Uma novidade no blog! Fazendo minhas andanças virtuais, buscando coisas que me agradam muito (leia-se: alimentando o monstro do chá que existe dentro de mim), descobri uma parte do site da Twinings UK chamada “Twinings Tea Club”, com vários artigos falando sobre (adivinhem!) chá, é claro!

Pensando em trazer algo diferente, decidi entrar em contato com a empresa, na esperança de poder traduzir os artigos e postar aqui no blog. Demorou um pouquinho, mas finalmente recebi uma resposta, e FOI POSITIVA!

Então, a partir de hoje, toda terça teremos um novo artigo sobre o mundo dos chás aqui no blog. Afinal de contas, nada mais justo que falar de algo que é basicamente meu combustível durante as leituras e escritas. Enfim, já me estendi demais, vamos lá ao primeiro artigo.

world-map-2-1570073PRODUÇÃO DE CHÁS NO BRASIL

A produção de chás foi introduzida no Brasil por volta do ano 1812, mas não se tornou viável comercialmente até o século XIX. Atualmente o País produz um bruto de 11 mil toneladas de chá por ano, a maior parte exportada para os EUA. Mesmo que 11 mil toneladas possa parecer muito chá, atualmente isto equivale somente a 20% do que a Índia produz anualmente. O maior mercado do Brasil são os EUA, que consomem por volta de 70% da exportação de chá, muito usados para fabricar os Iced Tea.

cha1O chá brasileiro CTC é plantado na região Nordeste, na cidade de Registro, onde é produzida a maior parte do chá preto no País. Outra região que também se destaca é o Paraná, no Sul do Brasil, onde o foco são os tipos de chás japoneses e verdes.

PREPARANDO SEU CHÁ

Na Twinings são usados tasting crockerys (similares a uma grande caneca) e uma colher bem cheia deste belo chá brasileiro.

cha2Em casa, recomendamos que seja usada uma chaleira, com uma boa colherada de chá para cada pessoa e uma para a chaleira e boa sorte. Então, só acrescentar água quente.

Deixe em infusão por três minutos e meio e então deixe que difunda, como dizemos na Twinings. “Um minuto  para a cor, um minuto para o sabor, e um minuto para a bondade”.

A DIFERENÇA ENTRE CHÁS CTCs E ORTODOXOS

Chás CTC são processados mecanicamente, então eles tem um aspecto granulado, quase em pó.

O benefício de um chá como este é que eles produzem mais rapidamente na xícara e você consegue uma melhor conversão da folha para o produto final. Ele difere um pouco dos chás ortodoxos, onde o método de rolamento produz um estilo mais torcido na folha.

cha3

Chás ortodoxos são ligeiramente mais lentos para produzir sua cor e sabor. Muitos puristas dirão que esta é a única maneira de beber um chá de folhas soltas, mas os CTCs já são muito gostosos e requintados em sua qualidade.

LICOR E CARACTERÍSTICAS

cha4Depois deste processo você já deve ter um belo chá na infusão. No Brasil, com tantas chuvas, o chá ganha um sabor característico e uma aparência avermelhada, oxidada muito boa. O licor é de um boa, profunda e forte cor caramelo, indicativo da ótima qualidade do chá, os aromas são magníficos.

SABOR

Quando terminada a infusão, saboreie. Para um chá brasileiro produzido desde os anos 1800, introduzido principalmente pela Índia e Sri Lanka, este chá tem um ótimo pedigree.

Este chá CTC tem um adocicado bem sutil para começar e um corpo de coco muito suave.

O que é realmente diferente nele é que não não existem sabores opressivos invadindo o gole, deixando um rastro de sabor.

Este chá é ideal, ótimo com ou sem leite, ou até mesmo com ou sem açúcar, dependendo do seu gosto.

É definitivamente um que você não pode deixar de experimentar e esperamos que você tome mais algumas xícaras dele, e aproveite este belo chá tanto quanto nós.

Fonte: Twinings Tea Club

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s